Aumentar o crédito – Todas as informações sobre o aumento do seu crédito na Suíça

Oferecemos-lhe a possibilidade de aumentar o seu crédito existente de forma simples e vantajosa. Quer se trate de despesas imprevistas, da realização de um sonho ou da melhoria da sua situação financeira – oferecemos-lhe as melhores soluções. Graças à nossa cooperação com instituições de crédito de renome na Suíça, não só lhe garantimos ofertas personalizadas, como também as taxas de juro de crédito mais atractivas. Descubra connosco como pode alargar o seu âmbito financeiro aumentando o seu empréstimo – de forma rápida, transparente e adaptada às suas necessidades.


Princípios do reforço do crédito

O que significa o complemento de crédito e como funciona?

Discussão de um aumento do empréstimo

Aumentar o crédito – este conceito oferece-lhe a oportunidade de aumentar o montante do seu crédito atual. Na prática, isto significa que pode obter capital adicional após um controlo de crédito positivo sem ter de celebrar um contrato de empréstimo completamente novo. Este processo é particularmente atrativo para os mutuários que já têm um empréstimo e precisam de fundos adicionais, quer para despesas inesperadas, quer para investimentos ou para melhorar a sua qualidade de vida.

Complemento de empréstimo vs. novo empréstimo: vantagens e desvantagens

A decisão entre aumentar o empréstimo e contrair um novo empréstimo depende de vários factores. Eis alguns prós e contras para o ajudar a decidir:

  • Vantagens do complemento de empréstimo:
    • Processo mais fácil e rápido, uma vez que já é cliente.
    • Possibilidade de obter melhores condições em função do seu historial junto do mutuante.
    • Não há verificações de crédito adicionais que possam afetar a sua solvabilidade.
  • Vantagens de contrair um novo empréstimo:
    • Separação clara entre os empréstimos/projectos individuais
    • Condições de mercado / taxas de juro possivelmente mais favoráveis
    • Possibilidade de diversificação para vários parceiros bancários

Segundo empréstimo ou recarga: O que é melhor para si?

A escolha entre um segundo empréstimo pessoal e o complemento de um empréstimo existente deve ser cuidadosamente ponderada. Um segundo empréstimo pode ser útil se tiver objectivos financeiros específicos que devam ser mantidos separados do primeiro empréstimo. O complemento, por outro lado, é ideal se quiser simplificar a gestão e não quiser trabalhar com vários mutuantes com diferentes montantes de empréstimo.

Reforçar um empréstimo sem aumentar as prestações: é possível?

Sim, em certos casos, é possível aumentar o montante do empréstimo sem aumentar a prestação mensal. Isto pode ser conseguido através do ajustamento do prazo do empréstimo ou da negociação de uma taxa de juro mais baixa. No entanto, tal depende em grande medida da sua situação financeira individual e das condições do seu atual mutuante.

Quando e com que frequência se pode recarregar um empréstimo?

O momento certo para um aumento do empréstimo

Há momentos específicos em que um complemento de empréstimo pode ser particularmente útil. Estes incluem:

  1. Quando as suas necessidades financeiras mudam: seja devido a despesas inesperadas, ao financiamento de um novo projeto ou à consolidação de dívidas existentes.
  2. Melhoria da sua situação financeira: por exemplo, um aumento de salário que lhe permita efetuar reembolsos mais elevados sem sobrecarregar as suas finanças mensais.
  3. Descida das taxas de juro: Se as taxas de juro estiverem a baixar, pode ser possível aumentar o empréstimo em condições mais favoráveis.

Com que frequência pode e deve aumentar o seu crédito?

A frequência do complemento de empréstimo depende de vários factores, incluindo as condições do seu mutuante atual e a sua situação financeira. É importante planear cuidadosamente os aumentos dos empréstimos para não ultrapassar a sua capacidade financeira. Em geral, não há limite legal para o número de vezes que um empréstimo pode ser complementado. No entanto, os mutuantes reexaminam a solvabilidade e a situação financeira do requerente de cada vez que este solicita um complemento de empréstimo, a fim de garantir que o novo montante do empréstimo é acessível e não há risco de sobre-endividamento .

Reforçar o seu crédito: Que documentos são necessários?

Documentos e informações para um aumento de empréstimo bem sucedido

Verificar os documentos antes de completar um empréstimo

Ao solicitar um complemento de empréstimo, são necessários vários documentos para confirmar a sua situação financeira e a sua identidade. Isto inclui normalmente:

  • Comprovativo de rendimentos atual: folhas de vencimento dos últimos meses.
  • Prova de identidade: Bilhete de identidade ou passaporte válido.
  • Prova das obrigações financeiras existentes: Isto pode incluir contratos de empréstimo actuais, contratos de arrendamento ou outros financiamentos.
  • Informações sobre a sua situação financeira: pode incluir prova de activos, dívidas existentes e despesas regulares.

Estes documentos ajudam o mutuante a avaliar a sua situação financeira atual e a decidir se um aumento do empréstimo é possível e responsável.

Reembolsar e completar o seu empréstimo: um guia passo-a-passo

A decisão de substituir outro empréstimo existente por um complemento de empréstimo deve basear-se numa análise cuidadosa dos seus objectivos e opções financeiras. Eis alguns factores que deve ter em conta:

  • Taxas de juro e condições: Verificar se é possível um complemento de empréstimo a uma taxa de juro mais baixa ou em melhores condições.
  • Objectivos financeiros a longo prazo: Pense em como a decisão afectará os seus objectivos financeiros a longo prazo.

Processo de aumento e reembolso do empréstimo

  1. Pedido de informação junto do seu atual mutuante: Inicie o processo apresentando um pedido de complemento de empréstimo junto do seu atual mutuante.
  2. Apresentar os documentos necessários: Fornecer todos os documentos solicitados para comprovar a sua situação financeira.
  3. Avaliação pelo mutuante: O seu mutuante analisará o seu pedido e decidirá se o aumento do empréstimo pode ser aprovado e, sobretudo, em que condições. Se estas forem mais favoráveis do que as de outro empréstimo existente, faz sentido prolongar o empréstimo e pagar o empréstimo antigo.
  4. Alteração do contrato: Se for aprovado pelo banco, o seu contrato de empréstimo será alterado para refletir as novas condições.
  5. Reembolso do empréstimo existente: Graças à nova margem de manobra financeira, o antigo empréstimo, com uma taxa de juro mais elevada, pode agora ser empréstimo pode agora ser reembolsado antecipadamente .

>> Aqui pode calcular a sua calcular a sua taxa de transferência .

FAQ: Perguntas mais frequentes sobre os complementos de empréstimos

Posso recarregar um empréstimo existente?

Sim, em muitos casos, é possível completar um empréstimo existente. A condição prévia para tal é passar no controlo de crédito do credor. O seu mutuante avaliará a sua situação financeira atual para garantir que é capaz de reembolsar o montante mais elevado do empréstimo. É importante que tenha uma fonte de rendimento estável e que cumpra as outras condições de crédito.

É possível aumentar o empréstimo mantendo a taxa de juro da prestação inalterada?

É possível aumentar um empréstimo sem aumentar a prestação mensal, quer prolongando o prazo do empréstimo, quer negociando uma taxa de juro mais baixa. No entanto, esta opção depende dos termos e condições do seu mutuante e da sua situação financeira individual.

É possível obter dois empréstimos?

Sim, é possível ter dois ou mais empréstimos ao mesmo tempo, desde que passe nas verificações de crédito para cada empréstimo e possa pagar os reembolsos de todos os empréstimos existentes. Os credores avaliam o total das suas dívidas e rendimentos para garantir que não está a viver acima das suas possibilidades.

Quantos empréstimos pode ter?

Não existe um limite legal para o número de empréstimos que uma pessoa pode ter. No entanto, como já foi referido, qualquer mutuante avaliará cuidadosamente a sua situação financeira para se assegurar de que é capaz de efetuar os reembolsos sem se sobrecarregar financeiramente. A decisão baseia-se na sua solvabilidade, nos seus rendimentos e noutras obrigações financeiras.

>> Aqui pode calcular o seu total calcular a sua linha de crédito total .

Escolher o parceiro certo: porque é que o kredit-vergleich.ch é a melhor opção

Como obter as melhores taxas de juro de crédito na Suíça

Em kredit-vergleich.ch compreendemos a importância de encontrar as melhores condições para as suas necessidades financeiras. Graças às nossas parcerias alargadas com as principais instituições de crédito na Suíça, podemos ajudá-lo a obter as melhores taxas de empréstimo disponíveis. Ao utilizar a nossa plataforma, o utilizador tem acesso a:

  • Ofertas exclusivas: Negociamos em nome dos nossos clientes para obter ofertas de empréstimo exclusivas que não encontrará em mais lado nenhum.
  • Serviço de comparação: O nosso serviço de comparação simples permite-lhe comparar rápida e facilmente as ofertas de diferentes mutuantes, poupando assim dinheiro. Porque a nossa missão é comparar os melhores empréstimos na Suíça .

A nossa rede: cooperação com os principais financiadores

Ao trabalhar com um grande número de credores, podemos oferecer uma vasta gama de produtos de crédito adaptados às necessidades individuais dos nossos clientes. A nossa experiência e o nosso compromisso de transparência permitem-lhe encontrar sempre a melhor solução para a sua situação financeira.

Resumo e próximos passos para aumentar o empréstimo

A decisão de aumentar um empréstimo é um passo importante que deve ser cuidadosamente ponderado. Em kredit-vergleich.ch, somos especialistas em ajudá-lo a tomar as melhores decisões para o seu futuro financeiro. Se está a pensar em aumentar o seu crédito, a melhor maneira de começar é utilizar o nosso sítio Web hoje e enviar um pedido de informação sem compromisso ou enviar-nos um e-mail para info@kredit-vergleich.ch e escrever para nós. Os nossos especialistas estão prontos para o ajudar em todas as fases do processo, desde o seu pedido inicial até à obtenção de um empréstimo bem sucedido.